Receber o despojo

Receber o despojo

Uma das maiores dádivas que o homem recebeu de Deus é conhecer as Escrituras. Dentre tantos acontecimentos, encontramos nelas histórias de fé no Senhor, de pessoas que se ergueram, apesar das circunstâncias, e decidiram lutar a guerra ao lado do seu Deus; não por acreditar que poderia vencer por sua própria força, mas por confiar no Senhor.

Esses relatos provém do coração do Senhor, e foram dados como presentes para que o homem pudesse conhecer mais Dele e de Seu amor. Eles existem para alimentar a fé, porque a fé vem pelo o ouvir, e o ouvir da Palavra de Deus (Romanos 10:17).

 

“Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos meunitas, vieram à peleja contra Josafá. Então, vieram alguns que avisaram a Josafá, dizendo: Grande multidão vem contra ti dalém do mar e da Síria; eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então, Josafá teve medo e se pôs a buscar ao Senhor; e apregoou jejum em todo o Judá. Judá se congregou para pedir socorro ao Senhor; também de todas as cidades de Judá veio gente para buscar ao Senhor. Pôs-se Josafá em pé, na congregação de Judá e de Jerusalém, na Casa do Senhor, diante do pátio novo, e disse: Ah! Senhor, Deus de nossos pais, porventura, não és tu Deus nos céus? Não és tu que dominas sobre todos os reinos dos povos? Na tua mão, está a força e o poder, e não há quem te possa resistir. Porventura, ó nosso Deus, não lançaste fora os moradores desta terra de diante do teu povo de Israel e não a deste para sempre à posteridade de Abraão, teu amigo? Habitaram nela e nela edificaram um santuário ao teu nome, dizendo: Se algum mal nos sobrevier, espada por castigo, peste ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois o teu nome está nesta casa; e clamaremos a ti na nossa angústia, e tu nos ouvirás e livrarás. Agora, pois, eis que os filhos de Amom e de Moabe e os do monte Seir, cujas terras não permitiste a Israel invadir, quando vinham da terra do Egito, mas deles se desviaram e não os destruíram, eis que nos dão o pago, vindo para lançar-nos fora da tua possessão, que nos deste em herança. Ah! Nosso Deus, acaso, não executarás tu o teu julgamento contra eles? Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti. Todo o Judá estava em pé diante do Senhor, como também as suas crianças, as suas mulheres e os seus filhos. Então, veio o Espírito do Senhor no meio da congregação, sobre Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaia, filho de Jeiel, filho de Matanias, levita, dos filhos de Asafe, e disse: Dai ouvidos, todo o Judá e vós, moradores de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá, ao que vos diz o Senhor. Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois a peleja não é vossa, mas de Deus. Amanhã, descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz; encontrá-los-eis no fim do vale, defronte do deserto de Jeruel. Neste encontro, não tereis de pelejar; tomai posição, ficai parados e vede o salvamento que o Senhor vos dará, ó Judá e Jerusalém. Não temais, nem vos assusteis; amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o Senhor é convosco. Então, Josafá se prostrou com o rosto em terra; e todo o Judá e os moradores de Jerusalém também se prostraram perante o Senhor e o adoraram. Dispuseram-se os levitas, dos filhos dos coatitas e dos coreítas, para louvarem o Senhor, Deus de Israel, em voz alta, sobremaneira. Pela manhã cedo, se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; ao saírem eles, pôs-se Josafá em pé e disse: Ouvi-me, ó Judá e vós, moradores de Jerusalém! Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis. Aconselhou-se com o povo e ordenou cantores para o Senhor, que, vestidos de ornamentos sagrados e marchando à frente do exército, louvassem a Deus, dizendo: Rendei graças ao Senhor, porque a sua misericórdia dura para sempre. Tendo eles começado a cantar e a dar louvores, pôs o Senhor emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os do monte Seir que vieram contra Judá, e foram desbaratados. Porque os filhos de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores do monte Seir, para os destruir e exterminar; e, tendo eles dado cabo dos moradores de Seir, ajudaram uns aos outros a destruir-se. Tendo Judá chegado ao alto que olha para o deserto, procurou ver a multidão, e eis que eram corpos mortos, que jaziam em terra, sem nenhum sobrevivente. Vieram Josafá e o seu povo para saquear os despojos e acharam entre os cadáveres riquezas em abundância e objetos preciosos; tomaram para si mais do que podiam levar e três dias saquearam o despojo, porque era muito. Ao quarto dia, se ajuntaram no vale de Bênção, onde louvaram o Senhor; por isso, chamaram àquele lugar vale de Bênção, até ao dia de hoje. Então, voltaram todos os homens de Judá e de Jerusalém, e Josafá, à frente deles, e tornaram para Jerusalém com alegria, porque o Senhor os alegrara com a vitória sobre seus inimigos. Vieram para Jerusalém com alaúdes, harpas e trombetas, para a Casa do Senhor. Veio da parte de Deus o terror sobre todos os reinos daquelas terras, quando ouviram que o Senhor havia pelejado contra os inimigos de Israel. Assim, o reino de Josafá teve paz, porque Deus lhe dera repouso por todos os lados.”  

2 Crônicas 20:1-30 (ARA)

 

O Rei Josefá

O livro de 2 Crônicas conta a história de fé do Rei Josafá, que é considerado um dos maiores Reis que Israel já teve.

O texto relata a tensão sobre o povo de Israel, que estava sendo cercado por povos inimigos. Esses povos planejavam invadir Israel, e os Israelitas, por terem sido escravos naquele tempo, não possuíam armas para que pudessem se defender.

Observando esse panorama, o que poderia o povo de Israel esperar? Como Deus poderia  permitir que sequer ameaçassem Seu povo?

Saiba: um dos objetivos de Deus é tornar você inabalável. O desejo Dele é ver você vencendo cada plano de Satanás. Ele quer te ver no topo!

Os desafios existem para serem vencidos! Deus os criou para que sejam enfrentados, e Ele permite que eles existam aconteçam durante a vida para promover aqueles que o seguem.

Veja Josafá e o povo de Israel! Cercados e sem defesa aparente, mas Deus enviou um Profeta a eles!

O Profeta disse a Josafá o que Deus tinha para dizer. Aquela luta já não era mais de Josafá e do povo, mas agora era do Senhor!

Eles não precisavam mais de espadas, porque o Senhor dos Exércitos estava a favor deles.

No entanto, para que o Senhor lutasse por eles, Ele requisitou algo. Ele pediu que fizessem algo em troca, e eles adoraram o adoraram e jejuaram por dias, mesmo sabendo que não tinham como se defender por si próprios.

Eles não agiram com base no que viam com seus olhos, mas confiaram tudo ao Senhor, através da fé!

Quem poderia adorar e cantar, em voz alta, cânticos de alegria? Este é o povo do Senhor!

Ouça a voz do Senhor e dos seus Profetas, aqueles que Deus enviou para estarem sob você e que o guiam, e em tudo você irá bem!

Se o Senhor disser para você cantar, cante! Cante o mais alto que puder, para que todos saibam quem é o Senhor, e que Ele é Bom e generoso com aqueles que o ouvem!

O povo, junto de Josafá, foi ao encontro de seus inimigos, apenas com a presença de seus músicos, adorando ao Senhor; e ao chegarem no local onde eles estavam acampados, tudo o que encontraram foram seus corpos derrotados ao chão, e todo o despojo, toda a riqueza que seus inimigos possuíam.

Então recolheram todo o ouro, ganho com a vitória que Deus os entregou.

 

O Rei Davi

O salmista Davi, antes de tornar-se Rei de Israel, vivia seus dias no campo, pastoreando as ovelhas de sua família. Davi era o filho mais jovem de Jessé, e pouco era considerado por seu pai e pelas pessoas à sua volta. Davi era valente e confiava no Senhor, e Dele recebia forças. Ele enfrentava o perigo e com Deus ele o vencia!

Para defender o rebanho, até mesmo enfrentava ursos e leões. Mas, como ninguém o via fazer aquilo, não recebia reconhecimento algum.

A batalha que ninguém vê, não promove!

O plano de Deus foi preparar uma batalha pública, para que Davi mostrasse a todos a sua vitória. Deus enviou um gigante, o mais forte guerreiro dentre os filisteus, inimigos de Israel, para que fosse enfrentado por Davi. Quem derrotasse Golias, o gigante, se casaria com a filha do Rei e teria sua família isenta de impostos em Israel, além de tomar os filisteus como escravos de seu povo. Mesmo que Davi fosse considerado fraco, sem experiência em batalha e sem armamentos para que pudesse enfrentar alguma ameaça, ele diz a Golias, diante de todos:

 

…“ Você vem contra mim com espada, com lança e com dardo, mas eu vou contra você em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem você desafiou. Hoje mesmo o Senhor o entregará nas minhas mãos, e eu o matarei e cortarei a sua cabeça. Hoje mesmo darei os cadáveres do exército filisteu às aves do céu e aos animais selvagens, e toda a terra saberá que há Deus em Israel. Todos que estão aqui saberão que não é por espada ou por lança que o Senhor concede vitória; pois a batalha é do Senhor, e ele entregará todos vocês em nossas mãos”.

1 Samuel 17:45-47 (ARA)

 

O jovem pastor de ovelhas lutou em nome de seu Deus e derrotou aquele que parecia invencível para muitos. Ele, porém, não venceu sozinho. Deus entregou a ele a vitória. Deus o tirou dos pastos do campo, e o levou para um palácio! O tornou Rei de seu povo!
Muitos acham que os problemas são mesmo “problemas”. Que são feitos para nos derrubar, que são armas do Diabo. Mas não. Os problemas são como Golias; como gigantes que irão tirar aquele que os vence de onde ele está, e vão colocá-lo em um nível mais alto, onde o Senhor quer que ele esteja!

Não tenha medo dos problemas! Confie no Senhor e vá à batalha!

A sua promoção é perdida quando você foge dos desafios. Quem não batalha, já perdeu. Quem perde, entrega o seu despojo, tudo o que tem, para aquele que venceu.

O Diabo, desde antes do Éden, tenta derrotar a Deus, mas ele sempre perde! Satanás pode armar coisas contra você, mas o Senhor vira as armas contra ele, para elevar você!

Sabe por que o gigante caiu? Porque Davi tinha um Gigante muito maior, dentro dele!

A Bíblia diz que o inimigo do homem é o Diabo.

Ele faz barulho para assustar você, para desviar sua atenção do Senhor! Mas ele foi derrotado, e Deus quer vencer o Diabo junto com você, e dar a você o despojo dele!

Não tenha medo do que possa acontecer. Tudo aquilo que você pode fazer, faça! Quem seria Davi se não tivesse se levantado para a batalha? Um gigante é tudo o que você precisa!

Levante sua voz e adore ao Senhor.

Talvez você não tenha solução. Então cante! Enquanto você canta, o Senhor cura sua vida. Enquanto você canta, o Diabo é derrotado!

A luta não é mais sua. O seu Deus vai lutar por você!

Cante o hino da vitória, e receba todo o despojo que o Senhor preparou para você!

Leave a Reply

Your email address will not be published.