O Reino de Deus

O Reino de Deus

“…dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo; arrependei-vos e crede no evangelho.”

Marcos 1:15 ARA

 

Quando lemos este texto do Evangelho de Marcos, recebemos uma mensagem de Deus sobre o Seu Reino e, por mais que possa parecer invisível e distante, o próprio Deus libera mistérios acerca dele para nós.

De todo modo, ainda não há conhecimento pleno do Reino dos Céus, por parte do homem. Ainda é algo pouco explorado, de alguma forma. Mas Deus quer revelar a Sua natureza, e quer que busquemos conhece-lo, e também ao Reino – o Seu governo.

O Reino de Deus é citado diversas vezes nas Escrituras (cerca de 170), mas ainda não foi totalmente revelado pelo Senhor.

Ainda assim, Ele nos libera porções valiosas de informação, que servem como uma bússola, revelando o caminho a ser seguido por aqueles que desejam viver sob o governo de Deus.

O pensamento de que o propósito de Deus para o homem é a salvação, não está correto em si.

O desejo principal de Deus é o de construir o Seu Reino!

No entanto, Deus quer todos juntos dEle. Ele quer que todos reinem com Ele! Somos agentes do seu Reino, e também Reis e Rainhas.

Este é o propósito que vem do Senhor para nossas vidas, e que também está ligado à salvação.

Mas que Reino é esse que fomos criados para expandir?

Uma das mais conhecidas referências sobre o Reino de Deus está na oração que Jesus ensinou.

 

“…Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu;”

Mateus 6:9-10 (ARA)

 

 

Jesus diz para que peçamos que o Reino venha até nós. Que Ele se torne parte de nossas vidas.

 

 

Significados do Reino

Reino significa governo e soberania, e é utilizado para definir 3 pontos:

 

  • “O teu reino é o de todos os séculos, e o teu domínio subsiste por todas as gerações. O Senhor é fiel em todas as suas palavras e santo em todas as suas obras.”

Salmos 145:13 ARA

 

Um aspecto do Reino de Deus é ser eterno e invisível.

  • Todos que aceitam sua soberania são parte deste Reino aqui, na Terra.
  • O Reino do fim dos tempos e da volta de Jesus.

 

O Reino veio ao mundo junto com Cristo e se expande a cada dia. Ele está aqui agora!

Ele era, ele é e ele virá!

 

“…ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó, e o seu reinado não terá fim.”

Lucas 1:33 ARA

 

Deus tem utilizado até mesmo aquilo que não é divino para cumprir Seu propósito, e o seu Reinado avança desde a vinda de Cristo ao mundo.

 

 

O Rei do Reino

 

– “…que guardes o mandato imaculado, irrepreensível, até à manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo; a qual, em suas épocas determinadas, há de ser revelada pelo bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores;”

1Timóteo 6:14-15 ARA

 

O Rei dos Céus é o Rei dos reis e Senhor dos senhores, e Ele governa todas as coisas.

 

– “Pois do Senhor é o reino, é ele quem governa as nações.”

Salmos 22:28 ARA

 

 

Definindo o Reino

O Reino de Deus é a regra, o governo dEle, e está sobre tudo: família, Igreja, finanças, entre outros.

Ele não é a Igreja, nem o domínio dela sobre as coisas, mas a lei dada por Deus ao homem, e está no coração dele.

 

“Interrogado pelos fariseus sobre quando viria o reino de Deus, Jesus lhes respondeu: Não vem o reino de Deus com visível aparência.  Nem dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Porque o reino de Deus está dentro de vós.”

Lucas 17:20-21 ARA

 

A Bíblia diz que o Reino está dentro de nós. Ele vem do coração, e pode-se medir o quanto ele se manifesta nas vidas.

O quanto o Reino de Deus governa em sua vida?

A Palavra revela que o Reino está no mundo quando Jesus cura os enfermos, expulsa demônios e ressuscita os mortos.

Jesus carregava o Reino consigo, e consequentemente causava transformações no ambiente em que passava.

Se o Reino está sobre você, o mundo à sua volta é transformado. O governo de Deus impacta tudo em que ele toca, e Deus quer tocar você, sua família e sua nação!

 

 

2ª definição do Reino de Deus

O Apóstolo Paulo diz:

 

“Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.”

Romanos 14:17 ARA

 

Todo Reino tem um rei, e ele governa conforme a sua lei. Cristo é um Rei que governa conforme a Lei de Deus, a Sua Palavra, e Deus, por amor, colocou Sua Palavra no coração do homem.

Os pagãos governam de “cima para baixo”, mas Deus governa de dentro para fora. Ele quer que você obedeça a Sua Lei, e por meio dela estabelecer justiça em sua vida.

Não é impossível, como muitos pensam, viver uma vida debaixo do governo de Deus sendo obediente em tudo. Ele só não lhe deu um novo coração com Sua Palavra, mas também apresentou o Espírito Santo, para que Ele o capacite a obedecer.

 

“…justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, para todos [e sobre todos] os que creem; porque não há distinção,…”

Romanos 3:22 ARA

 

“Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus.*

Mateus 5:20 ARA

 

Toda sociedade possui uma fonte de leis, mas qual é ela?

Deus quer que o Seu padrão de justiça seja a base da sociedade.

Depois de aceitarmos a Cristo, você pode se apresentar a Deus; estar diante dEle, falar com Ele e ser Seu amigo. Logo, você tem acesso ao Rei – você tem comunhão com Ele.

Você tem acesso à Palavra – à própria fonte!

A lei é a palavra e a vontade de um soberano, e a vontade do Senhor é sábia e pura. A Bíblia, que é a Sua Palavra, deve ser um modelo para transformar nações. Fazê-las prósperas! Ela não edifica apenas uma pessoa, mas tudo em que o Reino toca.

E a Palavra de Deus fala sobre todos os aspectos que podem ser pensados. Ela é um manual para a sua vida, guiando você pelo caminho que o Senhor designou.

É necessário que a Palavra seja seguida, em todos as áreas da vida. É preciso conhecer o que ela diz sobre cada uma delas e, se ela for sua guia, o Reino se estabelecerá sobre você.

 

 

A paz do Reino

 

“Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem.”

Lucas 2:14 ARA

 

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.”

João 14:27 ARA

 

Os discípulos de Jesus pregavam a paz do Reino, e mesmo Paulo, em suas cartas.

 

“Esta é a palavra que Deus enviou aos filhos de Israel, anunciando-lhes o evangelho da paz, por meio de Jesus Cristo. Este é o Senhor de todos.”                                                                                                               

Atos 10:36 ARA

 

Jesus, o Príncipe da Paz, provê a paz. A paz sobre a salvação do homem, que o torna justo perante Deus, e a paz que acalma as tormentas.

 

“Como fruto dos seus lábios criei a paz, paz para os que estão longe e para os que estão perto, diz o Senhor , e eu o sararei.  Mas os perversos são como o mar agitado, que não se pode aquietar, cujas águas lançam de si lama e lodo. Para os perversos, diz o meu Deus, não há paz.”

Isaías 57:19-21 ARA

 

Simeão podia ir em paz porque tinha visto o Príncipe da Paz. Busque a comunhão com o Rei, e Ele lhe trará a paz que excede todo o entendimento (Filipenses 4.7).

 

“Agora, Senhor, podes despedir em paz o teu servo, segundo a tua palavra;”

Lucas 2:29 ARA

 

Com Cristo, podemos partir em paz e viver em paz. No entanto, isso não significa que não haverá desafios em sua vida. A paz que temos não é a de uma vida sem desafios e conflitos, mas é uma vida em que podemos enfrentar qualquer problema com confiança.

Muitos foram martirizados pela causa de Deus, mas Ele nos traz paz na tormenta.

Quando Deus permitir que lhe ocorra alguma dificuldade, a paz Dele estará sobre você.

 

“Na Bíblia, Shalom significa prosperidade, plenitude e deleite universais – um rico estado de coisas em que as necessidades naturais são satisfeitas e dons naturais empregados frutuosamente, um estado de coisas que inspira maravilhas alegres quando seu Criador e Salvador abre portas e recebe as criaturas nas quais ele se deleita. Shalom, em outras palavras, é como as coisas deveriam ser.”

– Cornelius Plantinga

A paz de Deus é Shalom.

Havia perfeito Shalom no Jardim do Éden.

Com a vinda da Nova Jerusalém, as coisas terão o perfeito Shalom.

Cristo veio para redimir o homem, mas não é só isto que precisa ser conhecido. Deve ser conhecido o processo com estes 4 pontos:

Criação, queda, redenção e restauração.

Todas as coisas serão completas.

 

“Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.  E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.”

Gênesis 1:26-28 ARA

 

Por amor de Deus, desde a Criação, Jesus foi enviado para que o homem fosse salvo.

Jesus é o Príncipe do Shalom.

Ele é o Príncipe da forma em que as coisas deveriam ser desde a Criação.

 

“…dizendo: Bendito é o Rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas maiores alturas!”

Lucas 19:38 ARA

 

“Bendito o que vem em nome do Senhor . A vós outros da Casa do Senhor , nós vos abençoamos.”

Salmos 118:26 ARA

 

O Reino de Deus é Justiça.

Devemos desfrutar dele e a de sua criação.

“Qual o fim do homem? O fim do homem é glorificar a Deus, e desfrutá-lo para sempre.”(pergunta nº 1 do catecismo de Westminster).

 

“O anjo, porém, lhes disse: Não temais; eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria, que o será para todo o povo:…”

Lucas 2:10 ARA

 

Desfrutar a Bíblia

O apóstolo Paulo diz que Deus deu todas as coisas necessários para que você possa se alegrar.

O trabalho para o Reino não é doloroso, mas é o que vai elevar você, promove-lo a algo maior.

Viva debaixo da cobertura do governo do Senhor e receba o Shalom, a paz plena em Cristo, a alegria do Senhor e construa junto dEle o Seu Reino!